sábado, 15 de julho de 2017

XXII Assembleia Estadual dos Povos Indígenas do Ceará - 23 a 26 de Julho de 2017 - Aldeia Lagoinha dos Potiguara



Povos Indígenas do Ceará: 
Construindo novos marcos referenciais de atuação e de resistência. 


A XXII Assembleia Estadual dos Povos Indígenas do Ceará acontecerá no período de 23 a 26 de Julho de 2017, na Aldeia Lagoinha dos Potiguara, no município de Novo Oriente-CE, com o tema Povos Indígenas do Ceará: construindo novos marcos referenciais de atuação e de resistência.

A população indígena no Estado do Ceará é estimada em cerca de 32 mil pessoas, formada por 14 povos - Anacé, Gavião, Kanindé, Kariri, Tremembé, Tapeba, Jenipapo-Kanindé, Pitaguary, Kalabaça, Tapuia, Tubiba-Tapuia, Potyguara, Tabajara e Tupinambá –  distribuídos em 19 municípios, nos domínios de serras, sertões e zona costeira. Em razão de vários entraves jurídicos e, ainda, pela morosidade do Governo Federal, somente a Terra Indígena de Córrego João Pereira, do povo Tremembé (Acaraú e Itarema), encontra-se homologada, o que faz do Ceará o estado mais atrasado no que se refere à demarcação de terras indígenas no país.

Apresentação e Programação



Serviço

XXII Assembleia Estadual dos Povos Indígenas do Ceará
Data: 23 a 26 de Julho de 2017
Local: Aldeia Lagoinha dos Potiguara - Novo Oriente-CE

Informações enviadas por
Weibe Tapeba 
Coordenação das Organizações
dos Povos Indígenas do Ceará

Campanha Vamos Apoiar a Apoinme

Arquivo do site

Em destaque