segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

VIII Festa do Murici e do Batiputá - 10 a 14 de janeiro de 2017 - Terra Indígena Tremembé da Barra do Mundaú



Apresentação

A Terra Indígena Tremembé da Barra do Mundaú está localizada no litoral oeste do Ceará, no município de Itapipoca, e pertence aos distritos de Marinheiros e Baleia. O território Tremembé é ocupado atualmente por aproximadamente 600 indígenas reconhecidos pela Fundação Nacional do Índio – FUNAI e Secretaria de Saúde Indígena – SESAI e está dividida em quatro aldeamentos.

O Povo Tremembé de Itapipoca sobrevive em meio a diversos desafios que provocam o enfrentamento à cultura atingindo os princípios da ancestralidade. O principal desafio hoje são os conflitos vivenciados com o Grupo Empresarial Nova Atlântida e os não indígenas que também habitam no território indígena.

Como forma de resistir a tantos impactos ocasionados pelos conflitos, a população indígena tenta também manter seus costumes e tradições que perpassam todo esse processo de invasão. A festa mais tradicional e conhecida é a Festa do Murici e do Batiputá que acontece anualmente na aldeia São José.


Objetivo Geral

Na tentativa de manter a cultura de nosso povo que vem sendo repassada de geração à geração, desenvolvemos em nossa terra festas tradicionais culturais, esta em especial que é a valorização e agradecimento à mãe natureza pelos saberes e bens que dela recebemos. 

A Festa do Murici e do Batiputá já é tradição do nosso povo que visa a valorização da cultura e seus princípios de ancestralidade envolvendo os valores da religiosidade e medicina tradicional. Um momento que está ameaçado por conta dos crimes ambientais cometidos contra a mãe natureza.

“As folhas do murici é minha rede,
a sombra é meu lençol, 
as flores chamam o vento, 
pra formar nossos alimentos.”
(Música Tremembé)

Cronograma

A Festa Tradicional tem início no dia 10 de janeiro e se encerra dia 14 do mesmo mês com duração de cinco dias e serão desenvolvidas as seguintes atividades:

10/01/2017 – Apanha coletiva do Murici às 4h da manhã. A partir das 15h teremos competição de modalidades indígenas e a partir da 16h os homens irão para a caça e a pesca. A noite cultural será de responsabilidade da aldeia Munguba.

11/01/2017 - Apanha coletiva do Murici às 4h da manhã. A partir das 15h teremos competição de modalidades indígenas e a partir da 16h os homens irão para a caça e a pesca. A noite cultural será de responsabilidade da aldeia São José.

12/01/2017 - Apanha coletiva do batiputá às 4h da manhã. A partir das 15h teremos competição de modalidades indígenas e a partir da 16h os homens irão para a caça e a pesca. A noite cultural será de responsabilidade da aldeia Buriti do Meio
Formatura dos Agentes Ambientais Indígenas – IEMAV.

13/01/2017 - Apanha coletiva do Batiputá às 4h da manhã. A partir das 15h teremos competição de modalidades indígenas e a partir da 16h os homens irão para a caça e a pesca. A noite cultural será de responsabilidade da aldeia Buriti de Baixo.

14/01/2017 – Encerramento da festa com apresentações e manifestações culturais enfatizando a medicina tradicional e culinária Tremembé.


Oração do Povo Tremembé

“Nós Tremembé acreditamos, em Deus que é nosso pai Tupã;
na terra que é nossa mãe; na mata que é nossa vida;
na lua e nas estrelas, que são nossas energias;
no sol que é nossa luz; no trovão e no relâmpago,
que são nossas previsões; nas pedras e nos astros que,
são nossas armas; no fogo que é nossa visão;
E em toda atmosfera. Vivemos da força da terra;
que nos dá energia, para lutar e vencer nossas batalhas.
Por isso somos povos da luta, por isso somos povo Tremembé.
Assim seja!


Nossos agradecimentos aos apoiadores da luta!

“A esperança é no fim do episódio sonhos de curumim”.
(Chico César)


“Valorizar o murici e o batiputá como fonte de sobrevivência, 
medicina tradicional e conservação de princípios e valores ancestrais”


Serviço: 
VIII FESTA DO MURICI E DO BATIPUTÁ
Período: 10 A 14 DE JANEIRO DE 2017
Local: TERRA INDÍGENA TREMEMBÉ DA BARRA DO MUNDAÚ
Município: ITAPIPOCA-CE

Enviado para o Planeta em Movimento
por LAURIANE CASTRO - Povo Indígena Tremembé da Barra do Mundaú

Campanha Vamos Apoiar a Apoinme

Arquivo do site

Em destaque