sexta-feira, 21 de outubro de 2016

I Encontro do Movimento pela Soberania Popular na Mineração – MAM e III Jornada Antinuclear do Ceará


 |Não queremos para o futuro do Ceará o presente de Mariana em Minas Gerais| 
         
Nos dias 10, 11 e 12 de novembro de 2016, no município de Santa Quitéria, serão realizadas atividades de informações, diálogos, mobilização de rua e apresentações culturais de resistência à mineração.

O Consórcio Santa Quitéria, feito pelas empresas Indústrias Nucleares do Brasil – INB e Galvani Engenharia, busca minerar urânio e fosfato no semiárido nordestino. No entanto, o processo de licenciamento ambiental ainda apresenta inúmeras irregularidades com destaque para a ausência de comprovação da viabilidade hídrica do empreendimento. Sabendo que o minério se movimenta com muita água, como garantir tal empreendimento numa região que sofre com a escassez hídrica? E a radiação nuclear?  A produção do Consórcio deverá passar por alguns municípios do sertão cearense, sendo escoada pelo Porto do Mucuripe, em Fortaleza. Portanto, todo o trajeto é passível de riscos. Qualquer mineração tem suas barragens de rejeitos e não podemos deixar que as Bacias do Poty, Acaraú e Jaguaribe corram os riscos do crime ambiental de Mariana ou mesmo sofram contaminações advindas da radiação nuclear.   

Programação:

Clique para ampliar

Toda a programação do evento ocorrerá no Ginásio poliesportivo da cidade.
Data: 10,11 e 12 de novembro
Município: Santa Quitéria


Enviado para O PLANETA EM MOVIMENTO por
ELIANE SOUZA - ARTICULAÇÃO ANTINUCLEAR DO CEARÁ


Campanha Vamos Apoiar a Apoinme

Arquivo do site

Em destaque