segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Povos Indígenas do Ceará realizam ato de repúdio à criminalização de lideranças indígenas




Na tarde desta segunda-feira, 22 de agosto, lideranças indígenas de todas as etnias do Estado do Ceará e representantes do povo Tapeba realizaram um ato de repúdio em frente ao prédio da Justiça Federal, no bairro Centro, em Fortaleza-CE, contra a criminalização de lideranças que lutam pelo direito à terra e ao território. A concentração teve início às 13h e os indígenas permaneceram até às 16h, para também acompanhar o resultado de uma audiência, que finalizou sem conciliação.

De modo especial, os povos indígenas presentes no ato, reafirmaram seu apoio ao advogado e coordenador da COPICE - Coordenação dos Povos Indígenas do Ceará, Weibe Tapeba, que, sendo uma liderança de reconhecido destaque na luta pelos direitos do seu povo, a etnia Tapeba, e também forte articulador das políticas indigenistas para os povos indígenas do estado, tem sido alvo de ataques por parte de quem deseja praticar especulação imobiliária ou explorar recursos naturais nos territórios tradicionais indígenas.

Nas últimas décadas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, intensificaram-se no país as chamadas "retomadas",quando indígenas retornam às regiões de origem e reivindicam a demarcaçãodesses territórios. Em alguns pontos, como no Nordeste e em Mato Grosso do Sul, muitos ainda aguardam a regularização das áreas, em processos conflituosos e contestados judicialmente (FELLET, João - BBC Brasil).

No Ceará, o estado do país mais atrasado em demarcação de terras indígenas, a luta pela garantia desses territórios tem sido possível, em vários casos, com as chamadas “retomadas” ou a autodemarcação dos territórios pelos povos indígenas, o que tem levado à  criminalização, à ameaças físicas e verbais, a processos judiciais, entre outros, como tentativa de intimidar lideranças de reconhecido histórico de lutas pela garantia desses direitos fundamentais.

Veja imagens do ato: 










Campanha Vamos Apoiar a Apoinme

Arquivo do site

Em destaque