quinta-feira, 19 de março de 2015

O indígena Paulo César foi assassinado no dia 15/3/2015 em balneário de Bodoquena (MS) e Povo Terena pede justiça!





No dia 15 de março de 2015 o indígena Paulo César, da etnia Terena, foi morto no balneário Ferracini em Bodoquena, à 55km de Miranda (MS), próximo onde morava. Paulo foi assassinado com 3 tiros, um na barriga e dois nos olhos. A policia ainda está investigando esse crime bárbaro.

O Povo Terena está em grande luto com essa barbaridade e clama por justiça!

Nesta manhã de quinta-feira (19), índios Terena de Miranda (MS) fizeram protesto pedindo justiça pela morte do índio guerreiro Paulo César, que foi morto covardemente sem ter qualquer tipo de defesa. "Não se pode calar diante das atitudes violentas, ainda mais quando se tira a vida de um ser humano, nada justifica essa atitude cruel", afirmam os Terena e todos  nós!

As fotos são do protesto de hoje e foram compartilhadas por Ediel Terena







 #PauloCésarPresente #SomosTodxsTerena #‎PovoTerenaPedeJustiça


Campanha Vamos Apoiar a Apoinme

Arquivo do site

Em destaque