segunda-feira, 23 de junho de 2014

Trilha na Lagoa do Catu e dunas da Prainha - Aquiraz (CE)


O estuário do rio Catu ocupa uma área de 0,20 km², tendo sua nascente situada no município de Horizonte no Estado do Ceará, escoando por aproximadamente 30 km até desaguar no Distrito de Prainha no município de Aquiraz (CE), formando um sistema lagunar e/ou lacustre. O estuário localiza-se a 26 km de Fortaleza cujo acesso rodoviário se dá pela CE-040.


A morfodinâmica do estuário do rio Catu é controlada predominantemente pela interação dos processos de migração de dunas, deriva litorânea e flutuações pluviométricas. Além dos impactos de ordem natural, decorrentes do barramento do rio Catu pelo campo de dunas, pode-se constatar os impactos decorrentes da intervenção antrópica, com, por exemplo, a construção da barragem situada a 2,53 km da foz que reduziu fortemente o fluxo das águas para o sistema estuarino.


Os impactos cumulativos desses processos ocasionou a redução da área estuarina do rio Catu, fechamento da foz, migração da drenagem em direção às estruturas instaladas na margem oeste, originando erosões em alguns pontos do ecossistema. (Fonte: Labogef – UFG).


No dia 21 de março de 2014 o Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) ingressou com ações civis públicas por danos ambientais contra quatro donos de imóveis localizados às margens da Lagoa do Catu. Entre os réus está o prefeito da cidade Antônio Fernando Freitas Guimarães, tendo sido estes proprietários responsáveis por obras ilegais como dragagem, construção de aterros e muros de arrimo na lagoa, que é uma APP - Área de Preservação Permanente.

Em janeiro de 2014, as Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) já haviam aceitado denúncia por crime ambiental contra o prefeito Antônio Guimarães, em ação movida pelo Ministério Público Estadual (MP-CE). Na defesa, o prefeito alegou inexistência de danos ao meio ambiente. Também sustentou a falta de comprovação de ato ilícito. (Fonte: Globo Ceará).


Veja as imagens da rica biodiversidade do Catu e das dunas da Prainha em Aquiraz, durante trilha realizada pelo Coletivo Agroflorestar no último domingo (22/6). 






  


Colaboração: Érica Pontes, Evilene Castro, Lindenberg Caranha e Wilton Matos.
Fotos: Janete Melo e Wilton Matos

Campanha Vamos Apoiar a Apoinme

Arquivo do site

Em destaque