quarta-feira, 22 de junho de 2011

Biomas Brasileiros - Cerrado



O Cerrado possui vegetação predominantemente arbustiva de galhos retorcidos, que podem aparecer espalhados ou em formas compactas, as raízes são longas, permitindo a absorção de água do solo, disponível abaixo dos 2 metros de profundidade, mesmo em períodos secos. Pode ser encontrada em quase todo Brasil Central, cobrindo particularmente o Planalto Central.

Denominados de “savanas brasileiras” – o Cerrado e a Caatinga – são formas de vegetação que possuem variações fisionômicas ao longo das extensas áreas que ocupam no espaço territorial brasileiro. O Cerrado possui aproximadamente 3.000 espécies, sendo 2.000 do estrato herbáceo-subarbustivo e 1.000 do estrato arbóreo-arbustivo.

                                                          Link do mapa: www.nosrevista.com.br

O Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro. Estende-se por uma área de 2.045.064 km2.  Abrange o Distrito Federal e oito estados do Brasil Central: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Tocantins, Goiás, Bahia, Piauí e Maranhão.

O clima predominante no Cerrado é o Tropical Sazonal, de inverno seco, com temperatura média anual de 25°C, podendo atingir máximas de 40°C na primavera e mínimas de 10°C ou menos nos meses de maio, junho e julho. A precipitação média anual fica entre 1200 mm e 1800 mm. O maior volume de chuvas ocorre nos meses de março e outubro. Os meses de maio e setembro são os mais secos, com índices pluviométricos bastante reduzidos, chegando próximo a zero.

Este bioma é cortado por três grandes bacias hidrográficas da América do Sul (Tocantins, São Francisco e Prata) tendo índices pluviométricos bem regulares que propiciam uma grande biodiversidade. Mesmo ainda não sendo completamente conhecida, mas sabe-se que a flora do Cerrado é riquíssima, embora menor que a Floresta Amazônica e Mata Atlântica.

Os ecossistemas do bioma Cerrado são: cerrado, cerradão, campestre, floresta de galeria e cerrado rupestre. Até a década de 60 foi pouco afetado, mas de lá para cá, muita coisa mudou e este bioma tem sido ameaçado com muita freqüência, sendo que grande parte do seu território já foi destruído. Dentre os ecossistemas mais afetados estão os cerradões.

As principais ameaças são: crescimento das monoculturas, como arroz e soja, a pecuária intensiva, a instalação de cidades e rodovias, a carvoaria, o desmatamento por queimadas provocado pelas altas temperaturas, baixa umidade e o descuido das pessoas, além das atividades madeireiras


A flora é composta, além de gramíneas, bromeliáceas, orquidáceas e outras plantas de pequeno porte, por espécies do tipo:

- Palmeiras: babaçu, bacuri, breiaúba, buriti, guariroba, jussara e macaúba.

- Plantas frutíferas: araticum-do-cerrrado, araçá, araçá-boi, marmelinho, pequi, goiaba, gravatá, marmeleiro, genipapo, ingá, mama-cadela, mangaba, cajuzinho-do-campo, baru, lobeira,  pitanga-do-cerrado, guapeva, veludo-branco, lobeira, araçá-da-mata, araçá-roxo, bacuri, bacupari, figueira, jabuticaba e jatobá.

- Madeiras: angico-branco, angico, aroeira-branca, vinhático, aroeira-do-sertão, cedro-rosa,  bálsamo-do-cerrado, ipês, monjoleiro e pau-ferro .

- Outras plantas típicas: amendoin-do-campo, aroeira-pimenteira, capitão-do-campo, embaúba, pororoca, guatambu-de-sapo, maria-pobre, mulungu, paineira, quaresmeira roxa, tamboril, pata-de-vaca, gameleira, algodão-do-cerrado, assa-peixe, pau-terra e pimenta-de-macaco.

A fauna do Cerrado é composta por grande variedade de espécies em seus diversos ambientes. Já foram catalogados mais de 1.500 espécies de animais, entre vertebrados (mamíferos, anfíbios, peixes, aves e répteis) e invertebrados (insetos, moluscos). 


Devido à ação antrópica desordenada, o Cerrado sofreu grandes modificações, alterando drasticamente os seus diversos habitats, com isso muitas espécies correm risco de extinção. Dentre as espécies mais ameaçadas estão: a anta, a onça-pintada, o tamanduá-bandeira, o tatu-bola, o cervo, o tatu-canastra, a ariranha, a lontra, o cachorro-vinagre, o lobo-guará, o pato mergulhão e o falcão-de-peito-vermelho.

O Dia do Cerrado é comemorado em 11 de Setembro.

Fontes:
CONSERVATION INTERNATIONAL DO BRASIL. Ações prioritárias para a biodiversidade do Cerrado e Pantanal. Brasília: MMA 1999
COUTINHO, L.M. Cerrado. São Paulo: USP
Links:
www.ibge.gov.br
www.ibama.gov.br

Campanha Vamos Apoiar a Apoinme

Arquivo do site

Em destaque